Música Mediúnica

Uma das finalidades da Música Mediúnica é dar sustentação aos pintores, que utilizam-se da energia da música, transformando-a em traços e cores e transmitindo ao público presente a sensação de bem estar, paz e alegria, proporcionando um campo vibratório favorável à equipe médica espiritual que acompanha o Grupo Nascente Artes.

Cada cantor ou músico que se apresenta, traz consigo a sua energia e alegria, que facilita o tratamento do público e o encaminhamento de espíritos que são trazidos ou que se sentem atraídos pela música, onde são amparados e muitas vezes, resgatados pela equipe espiritual.

Nós temos basicamente duas alas de músicos que se apresentam: uma ala antiga e uma mais jovem.

Na antiga, tem o Adoniran Barbosa, que sempre está presente e apóia muito o Grupo e na ala mais jovem tem o Raul Seixas, entre outros, com presença marcante.

Essa diversificação de estilos, implantada por eles mesmos, torna o trabalho agradável aos diversos tipos de público.

Costuma vir o Dinho (Mamonas Assassinas), o Renato Russo, a Elis, o Cazuza, Tim Maia, o Mussum, alguns músicos americanos, italianos, entre outros artistas.

Aqueles que já estão desencarnados há mais tempo, geralmente estão mais esclarecidos, enquanto outros ainda precisam de muito tratamento.

E cantar por meio da mediunidade é uma oportunidade de trabalho, porque, como artistas, sentem muita falta dessa atividade, sem contar a energia que recebem do público.

OBS: Clique em "continua" para continuar lendo sobre nossa história e em "volta" para visualizar a página anterior.